Histórias de crime e mistério, de Edgar Allan Poe – Desafio Halloween Literário 2015🎃👻

Olá 😀

Creio que a maioria das pessoas já teve algum contato com o trabalho de Poe, muitas vezes até mesmo sem saber que era dele, como por exemplo no caso do filme O Corvo, que é baseado em um poema desse autor.

Filme O Corvo
Filme O Corvo

E é por já gostar do trabalho de Edgar Allan Poe que escolhi um livro seu para a  quarta leitura do Desafio Halloween Literário 2015 , que tem como tema “Antologias Macabras”. O livro escolhido foi o Histórias de crime e mistério.

DSC09982

O livro apresenta seis contos. Os três primeiros contos – Os crimes da rua Morgue, O mistério de Marie Rogêt e A carta roubada – apresentam o mesmo formato: tratam de assuntos não resolvidos pela policia, que por sua vez, busca o Sr. Dupin para ajudá-los a resolver.

O Sr. Dupin é um amigo do narrador, que nos conta quão atento e perspicaz esse senhor é: nada lhe passa despercebido e ele pensando sozinho consegue ir mais longe do que a equipe policial inteira. É algo incrível, me peguei diversas vezes pensando em como funcionava a cabeça de Poe no momento de dar vida a esses contos. Desses três, posso dizer que o meu favorito foi Os crimes da rua Morgue. Que final surpreendente!

O conto O mistério de Marie Rogêt é considerado uma continuação de Os crimes da rua Morgue, mas sem dúvidas ficou ofuscado perto de seu antecessor. Obviamente, essa é apenas a minha opinião pessoal.

DSC09983

Os três últimos contos – O coração denunciador, Berenice e O gato negro – eu já conhecia, e embora eu tenha amado os contos com o Sr. Dupin, escolheria facilmente um dos três últimos como os meus favoritos desse livro como um todo. A razão é simples: me interesso mais pelos contos de terror do que pelos de mistério. Esses são bem mais curtos em comparação aos outros, mas o final é muito mais surpreendente, se trata de Poe em sua essência.

No final do livro, há um breve resumo sobre quem é e como viveu Poe.

DSC09986

Tenho aqui vários livros que ganhei do meu pai (💟), ele costuma ir em feiras de trocas de livros para pegá-los para mim, e esse é um deles. Gostaria de ressaltar que embora seja uma edição simples, é muito caprichada. Todos os contos tem uma ilustração no começo, e o fato de conhecermos um pouco mais sobre Poe no final foram fatores que me chamaram a atenção.

DSC09985

DSC09984

Recomendo a todos a leitura desse livro ou dos contos isolados! Todos os finais são surpreendentes e é difícil ter um contato com Edgar Allan Poe e não se admirar.

E vocês, gostam do Poe? Qual a obra favorita?

Até mais!

Anúncios

24 comentários em “Histórias de crime e mistério, de Edgar Allan Poe – Desafio Halloween Literário 2015🎃👻

  1. Sempre gostei das histórias que viraram filmes de Poe. Mas ainda vou ler algo dele pra poder entender essa essência que você fala. Suas resenhas são tão boas, que dá vontade de ler tudo, Bah. Acho que vou usar seu blog como uma meta de leitura: o que vc postar, é o que eu quero ler. Temos gostos parecidos. hahahahha

    Curtido por 1 pessoa

  2. Eu sou muito ridicula, morro de curiosidade e vontade de ler alguma coisa do Poe, mas sofro de medo por antecipação hahahah
    Quem sabe semana que vem eu não me animo a ler pelo menos um conto e perder esse medo não é mesmo?
    Passo pela mesma coisa com o King hahaha, mas tenho esperança que um dia vou conseguir ler pelo menos um livro dele.

    Beijos

    Curtir

      1. Jura que não da medo? Vou tentar começar por esses então. Quem sabe aos poucos eu vou me encantando com eles e vou deixando o medo de lado.
        Morro de vontade de ler O Iluminado, mas não tenho preparo emocional pra isso. Já sofro com o filme, mesmo depois de assistir 595 vezes, imagina com o livro…

        Curtido por 1 pessoa

  3. O que eu mais gosto é “O Barril do Amontilhado”. É angustiante a imagem do emparedamento. “O Cemitério” pode até ser triste mas é assustador também!!! Sou fã do Stevie, mas como eu disse para a Ana Buranello do Entre Livros e Trânsitos não o considero infalível. Boas leituras!!!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Sim sim, ser triste não exclui o fato de que é assustador até pq é e muito! Ainda mais tendo dois gatos em casa hahahaha
      Difícil algum autor ser infalível, mas ainda assim ele é o meu favorito!
      Obrigada, Wanderson!

      Curtir

  4. Estávamos falando de O Cemitério do King. Assisti esse fds novamente. Como é dolorido e triste o sapatinho do baby rolando na estrada. Me lembro que o filme retratou exatamente a cena que eu desenhei na minha cabeça enquanto lia o livro…
    snif…

    Curtido por 1 pessoa

  5. Pingback: Livros de Calla

Vamos conversar :D

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s